o tal poema


Enviar este post



Relembrar (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



Quando Ismalia enlouqueceu,
Pôs-se na torre a sonhar...
Viu uma lua no céu,
Viu outra lua no mar.

No sonho em que se perdeu,
Banhou-se toda em luar...
Queria subir ao céu,
Queria descer ao mar...

E, no desvario seu,
Na torre pôs-se a cantar...
Estava perto do céu,
Estava longe do mar...

E como um anjo pendeu
As asas para voar...
Queria a lua do céu,
Queria a lua do mar...

As asas que Deus lhe deu
Ruflaram de par em par...
Sua alma subiu ao céu,
Seu corpo desceu ao mar...

Alphonsus de Guimaraens
"Ismália", in Os cem melhores poemas brasileiros do século. Editora Objetiva.


4 Respostas a “o tal poema”

  1. Anonymous v. LEAL BARROS 

    é muito bonito... lindo!

  2. Anonymous tpnm 

    5* ;)

    PS:Não conhecia o autor...é de que data o poema?

  3. Anonymous Lu 

    tpnm, Alphonsus de Guimaraes (1870 - 1921) foi poeta brasileiro (de Minas Gerais) da escola simbolista.
    Seus versos são melancólicos e musicais.
    Teve uma noiva que amou muito e morreu jovem. Sua literatura foi influenciada pela imagem de Constança.
    Não saberia te precisar a data do poema; foi publicada no livro "Pastoral aos Crentes do Amor e da Morte", no ano de 1923.

  4. Anonymous Cláudia Neves 

    Gostei bastante... "Sua alma subiu ao céu,
    Seu corpo desceu ao mar..."
    Fiquei com esta frase na mente.
    Beijinho.

Comentar

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 


O Blog

  • O POVO É BOM TIPO PRETENDE SER UM LOCAL DE PARTILHA ONDE LIVREMENTE SE TROCAM GOSTOS, AFINIDADES E INSTANTES DE VIDA. NÃO MAIS DO QUE ISSO.

A População

Séries

Últimos Posts

Livro de Ponto

Arquivo

Periferia

Outras Cidades

Cidades Desabitadas

Outros Povos

Manutenção

  • + Blogger
  • + BlogRating
  • + Blogwise
  • + eXTReMe Tracker
  • + A Música do Povo
  • + Os Links do Povo
  • + Protegido por CreativeCommons