Missivas


Enviar este post



Relembrar (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



A.,
Tomei a liberdade de abrir as duas últimas cartas que você escreveu para V. Peço desculpas antecipadas, pois não tenho como hábito violar correspondências, como você bem sabe, mas o momento tornou tudo isso necessário. Senti-me aliviada por tê-lo feito, uma vez que se aproxima a data de sua viagem.
O que tenho para dizer-lhe é urgente demais, A. Seria mais fácil e rápido dar um telefonema, mas faltou-me coragem para pronunciar as palavras. De qualquer forma, minha filha sempre adorou escrever, devotava às palavras um amor profundo e delicado, então, acho que ela aprovaria minha iniciativa. Também sei que cultivava o hábito de escrever cartas a você, pessoa que ela amou verdadeiramente.
Ela tem duas gavetas repletas de cartas – todas suas – cuidadosamente amarradas e catalogadas por datas.
Lembro que eu dizia-lhe para telefonar, mas ela redargüia: “os manuscritos são insuperáveis, mama. Eles guardam a ansiedade da espera, o contato da mão com o papel, a caligrafia pessoal e intransferível. Cartas possuem identidade e alma... sem contar que sou uma pessoa fora de moda”.
Dizia-me sempre que a correspondência entre Mário de Andrade e Manoel Bandeira, bem como a de Pessoa com Mario de Sá-Carneiro perderiam toda a graça e paixão se, ao invés de cartas, eles trocassem e-mails frios e impessoais.
Eu ria dessa mania dela e hoje, depois de anos sem escrever uma linha, vejo que ela estava completamente certa. Dizia com aquele ar petulante: “um dia minha correspondência com A. dará um belo livro”.
Querida A., acho que gostará de saber que Um bonde chamado desejo foi sucesso absoluto durante toda a semana que esteve em cartaz em Paris. Nunca tive tanto orgulho de V! Ela estava radiante e jamais Blanche Dubois (Vivian Leigh que me perdoe!) pareceu-me tão real.
Na semana passada, nossa V. telefonou-me de Berlim e contou-me que retornariam mais cedo que o previsto, pois um dos rapazes adoecera, acho que o “Stanley Kowalski”.
Bem, há três dias atrás, na viagem de volta, houve um acidente na estrada e o ônibus da companhia de teatro tombou... nossa V. não resistiu.
Sei que não é a mesma coisa, mas se ainda desejar, terei imenso prazer em recebê-las em minha casa, você e sua pequena Tereza.
Sinceramente,
Beatriz


8 Respostas a “Missivas”

  1. Anonymous v. LEAL BARROS 

    assisto deliciado à reviravolta de Missivas...

    falaste-me do prenúncio da Paixão segundo G.H. da lispector, algum destes personagens se relaciona com aquela mulher?... aquela que se debate com a força e o poder de uma barata...? (essa imagem é para mim deliciosa)

  2. Anonymous Lu 

    Vítor, eu não sei responder se existe uma ligação causa-conseqüência aqui... sei que é estranho compreender (até porque tb é-me estranho falar sobre isso), mas as missivas vão tomando forma a cada vez que pego do lápis; outras coisas são reveladas como o fato de que essas cartas são póstumas. Existe uma relação sim, entre G.H e V., mas existe também uma profunda relação -descobri isso há pouco - com a Macabéa. Ambas, V. e Macabéa, saíram de cena em momentos epifânicos, indicando um novo amanhã que não veio... mas virá de outras formas.

  3. Anonymous Fawn 

    Great work!
    [url=http://dfcxmazy.com/wlkp/qxrt.html]My homepage[/url] | [url=http://ydkhdsjo.com/rcvk/xciz.html]Cool site[/url]

  4. Anonymous Tina 
  5. Anonymous Sabrina 

    Nice site!
    http://dfcxmazy.com/wlkp/qxrt.html | http://bberdukj.com/ieyj/wzfu.html

  6. Anonymous Gary 

    Great work!
    [url=http://oaplatqi.com/czvp/vmzw.html]My homepage[/url] | [url=http://pzjdjfyz.com/omqf/tmxf.html]Cool site[/url]

  7. Anonymous Ben 
  8. Anonymous Roy 

    Great work!
    http://oaplatqi.com/czvp/vmzw.html | http://rqcecmog.com/zsdl/fluh.html

Comentar

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 


O Blog

  • O POVO É BOM TIPO PRETENDE SER UM LOCAL DE PARTILHA ONDE LIVREMENTE SE TROCAM GOSTOS, AFINIDADES E INSTANTES DE VIDA. NÃO MAIS DO QUE ISSO.

A População

Séries

Últimos Posts

Livro de Ponto

Arquivo

Periferia

Outras Cidades

Cidades Desabitadas

Outros Povos

Manutenção

  • + Blogger
  • + BlogRating
  • + Blogwise
  • + eXTReMe Tracker
  • + A Música do Povo
  • + Os Links do Povo
  • + Protegido por CreativeCommons