O que vamos escolher?


Enviar este post



Relembrar (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



Sexta-feira passada, li uma notícia que tomou meus pensamentos pelo resto do dia. Tratava-se de uma matéria sobre uma criança indiana que havia nascido com uma anomalia – seu coração desenvolveu-se fora do corpo. Na hora de ser trazida à luz, ela segurava seu pequenino coração nas mãos.

Não será isso um recado à humanidade? Eu acredito em sinais.

Sim, os cartesianos me dirão que isso pode ser explicado por muitas vertentes e ter inúmeras causas: fome, desnutrição, falta de políticas públicas voltadas às parturientes, desinformação, má formação genética, omissão da mãe em não fazer um pré-natal, omissão do governo por não oferecer estrutura hospitalar que dê o direito à mãe em fazer pré-natal.

Muitas análises objetivas e científicas surgirão para explicar-me o motivo dessa criança ter desenvolvido o órgão externo ao seu corpo. Eu não desacredito de nenhuma delas. Mas levando-se em consideração o avanço que a ciência alcançou nas últimas décadas, toda a inovação tecnológica e o arsenal químico produzido para tratar doenças, chega a ser uma ironia que a fome, a desnutrição, o desvelo dos governos ainda produzam frutos tão daninhos.

Eu prefiro acreditar que essa criança lançou um grito desesperado para a humanidade: temos a vida toda em nossas mãos!
O que vamos escolher?


1 Respostas a “O que vamos escolher?”

  1. Anonymous v. LEAL BARROS 

    Lu, não tinha conhecimento desse caso... eu diria que metáfora poderosa...mas pelo que dizes não é sequer uma metáfora é algo real - uma criança nasce segurando o coração nas mãos.
    Tal como tu sou daqueles que não acreditam em coincidências e que por trás de cada coisa, cada acontecimento, há sempre algo para decifrar, para entender...talvez o que isto nos quererá dizer seja mesmo o que concluíste no teu texto, qual será a escolha?

Comentar

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 


O Blog

  • O POVO É BOM TIPO PRETENDE SER UM LOCAL DE PARTILHA ONDE LIVREMENTE SE TROCAM GOSTOS, AFINIDADES E INSTANTES DE VIDA. NÃO MAIS DO QUE ISSO.

A População

Séries

Últimos Posts

Livro de Ponto

Arquivo

Periferia

Outras Cidades

Cidades Desabitadas

Outros Povos

Manutenção

  • + Blogger
  • + BlogRating
  • + Blogwise
  • + eXTReMe Tracker
  • + A Música do Povo
  • + Os Links do Povo
  • + Protegido por CreativeCommons