NEVA EM MIM #012


Enviar este post



Relembrar (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



O cheiro a café impregnava a casa. Ela tinha acabado de fazer um café bem forte. Pegou na caneca, encheu-a e sentou-se no tapete, apoiando as costas no sofá. O seu gato preto, ronronando, aninhou-se no seu colo.
Eu vi-a, ela acariciava o gato que lhe dava um pouco de conforto e calor. Eu observava-a de cima, mas ela não sabia. Eu continuava viva, mas ela não sabia.
O seu olhar perdia-se no infinito, a sua mente não se encontrava naquele lugar.
Vi-lhe o vazio, a saudade, as infinitas imagens que passavam na sua mente e lhe preenchiam a alma. Imagens repletas de momentos simples, de instantes desejados e sonhados. Ela sente-se só. Parece que tudo o que gosta, tudo o que ama e aprecia está longe.
Eu não me lembro que mais coisas viveu ela… não me lembro o que é que ela teve de aprender, não me lembro o que é que eu aprendi com ela...
O cheiro a café espalha-se pela casa, tenho uma caneca na mão. Estou sentada na minha cama, a minha saia branca e comprida tapa-me os joelhos e os pés, o meu olhar perde-se no infinito, lembro-me do meu gato que costumava saltar para cima desta cama e vinha esfregar-se em mim, dar-me uns mimos.
Sinto o vazio. O meu amor está longe. Neste momento não posso partilhar com ele as coisas mais simples e valiosas da vida, como um abraço, olhar nos seus olhos e desejar-lhe um bom dia, ver um pôr-do-sol ao seu lado, darmos as mãos, rirmos juntos, partilhar uma caneca de café acabada de fazer... Um beijo, uma carícia no cabelo...
Sinto o vazio... Passo os dias dentro de mim, dentro deste quarto. Não encontro nada neste espaço. Encerrada no meu silêncio, vou-me consumindo.
A vida traz-nos tudo, mostra-nos os caminhos, ensina-nos a sermos pacientes.
Mas por vezes não me consigo aguentar, caio na corrente do vazio, da profunda saudade, da raiva... Fico encerrada em mim e vou-me consumindo.
Não me lembro do que é que ela aprendeu.
cláudia NEVES


0 Respostas a “NEVA EM MIM #012”

Comentar

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 


O Blog

  • O POVO É BOM TIPO PRETENDE SER UM LOCAL DE PARTILHA ONDE LIVREMENTE SE TROCAM GOSTOS, AFINIDADES E INSTANTES DE VIDA. NÃO MAIS DO QUE ISSO.

A População

Séries

Últimos Posts

Livro de Ponto

Arquivo

Periferia

Outras Cidades

Cidades Desabitadas

Outros Povos

Manutenção

  • + Blogger
  • + BlogRating
  • + Blogwise
  • + eXTReMe Tracker
  • + A Música do Povo
  • + Os Links do Povo
  • + Protegido por CreativeCommons