DE QUEM ME FALA #004


Enviar este post



Relembrar (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



D'Ele...
O cão ladrou toda a noite. Os latidos eram punhais a rasgar os lençóis que eu puxava cobardemente pensando aliviarem a culpa. Ela tinha saído de casa há dois dias. Disse que se voltasse seria de noite, com o vestido de seda preto, para que no mínimo sejas digno de fazer o luto de um espírito elegante, disse-me Ela. E a voz a ecoar no quarto. O luto. O luto. Não, ela não seria capaz, não por mim, não seria suficientemente louca. Os cigarros? Onde meti eu os cigarros… e aquele Rapaz que não me pergunta se ainda acredito nos surrealistas... aqui! acalma-te porra! talvez me escreva esta semana.
v. LEAL BARROS


0 Respostas a “DE QUEM ME FALA #004”

Comentar

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 


O Blog

  • O POVO É BOM TIPO PRETENDE SER UM LOCAL DE PARTILHA ONDE LIVREMENTE SE TROCAM GOSTOS, AFINIDADES E INSTANTES DE VIDA. NÃO MAIS DO QUE ISSO.

A População

Séries

Últimos Posts

Livro de Ponto

Arquivo

Periferia

Outras Cidades

Cidades Desabitadas

Outros Povos

Manutenção

  • + Blogger
  • + BlogRating
  • + Blogwise
  • + eXTReMe Tracker
  • + A Música do Povo
  • + Os Links do Povo
  • + Protegido por CreativeCommons