PAREDES NO INFINITO #003


Enviar este post



Relembrar (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



A morte é o acontecimento final, mas antes de acontecer, existem muitas perdas menores pelo caminho. Se pensar um pouco no assunto, poderá facilmente ver o padrão de ganho e perda que corre pela sua vida. Enquanto estão a acontecer, as perdas são dolorosas e o ego reage numa tentativa de as agarrar. No entanto, a passagem da infância para a adolescência é simultaneamente uma perda e um ganho. Casar representa a perda do celibato e a aquisição de um companheiro. O ganho e a perda são duas faces da mesma moeda. A única coisa que nos traz um proveito absoluto é ganhar consciência que é o objecto da nossa busca.
- Nunca te ocorreu que não podes perder nada - perguntou Merlin - porque nunca tiveste nada? A única coisa que tens é a ti próprio. Esse eu pode passar algum tempo numa casa ou num emprego. Pode passar algum tempo na presença de certas coisas e ter uma determinada quantia de dinheiro, mas, com o tempo, tudo mudará. Nessa altura, a única coisa que traz é uma recordação, uma imagem, um conceito. E estes não são reais: são fruto da tua mente. Os pensamentos são como convidados: entram e saiem enquanto tu permaneces. Considera os objectos e bens do mesmo modo: vêm e vão. Quem permanece és tu.
Deepak Chopra
in "O caminho do mago"
Temas & Debates


0 Respostas a “PAREDES NO INFINITO #003”

Comentar

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 


O Blog

  • O POVO É BOM TIPO PRETENDE SER UM LOCAL DE PARTILHA ONDE LIVREMENTE SE TROCAM GOSTOS, AFINIDADES E INSTANTES DE VIDA. NÃO MAIS DO QUE ISSO.

A População

Séries

Últimos Posts

Livro de Ponto

Arquivo

Periferia

Outras Cidades

Cidades Desabitadas

Outros Povos

Manutenção

  • + Blogger
  • + BlogRating
  • + Blogwise
  • + eXTReMe Tracker
  • + A Música do Povo
  • + Os Links do Povo
  • + Protegido por CreativeCommons