A INFINITA PRATELEIRA DAS METÁFORAS #016


Enviar este post



Relembrar (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...




DESAFIA
Entra, senta-te, observa
Chora compulsivamente
Renuncia a dEUS e a todos os seus diabos
Cheira-lhes os medos
AGORA
Acaricia-me obsessivamente o perfil
Desenha-me os poros nos areais
Berra-me os sons altos das tuas tripas
Esmaga todas as renúncias
Grita por todas as dores
Perde-me nos mares
e afoga-te neles
Sou o teu mal e os seus remédios
Anda, mexe-te, depressa, foge, corre
Lume, atiça-lhe o fogo!
Queima-nos
Arde no inferno
Vem. Copular com
LEVIATHAN.
alves PEDRO


0 Respostas a “A INFINITA PRATELEIRA DAS METÁFORAS #016”

Comentar

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 


O Blog

  • O POVO É BOM TIPO PRETENDE SER UM LOCAL DE PARTILHA ONDE LIVREMENTE SE TROCAM GOSTOS, AFINIDADES E INSTANTES DE VIDA. NÃO MAIS DO QUE ISSO.

A População

Séries

Últimos Posts

Livro de Ponto

Arquivo

Periferia

Outras Cidades

Cidades Desabitadas

Outros Povos

Manutenção

  • + Blogger
  • + BlogRating
  • + Blogwise
  • + eXTReMe Tracker
  • + A Música do Povo
  • + Os Links do Povo
  • + Protegido por CreativeCommons