CURTAS #007


Enviar este post



Relembrar (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



Será Ardor? Aquele gesto em despudor. Silêncio que antecede o ritmo cadenciado de corpos aveludados. Fragas chocando-se em relâmpagos do alto mar. A perfeita simetria de opostos assimétricos. Órgão humedecido pela chama. Membros que se convergem com grande frenesim para beber, têm todos sede. E o calor, esse calor que emana de toda a nossa superfície. Um único ser, grito, dor. O belo na ponta de milhões de sinapses. Dá-lhe ritmo, isso, dança como a lua que morre como o dia.
alves PEDRO


4 Respostas a “CURTAS #007”

  1. Blogger Vítor Leal Barros 

    'a perfeita simetria de opostos assimétricos'... talvez no infinito onde esses opostos assimétricos se encontram e os dois tornam-se num só... lá estou eu a divagar... não tenho culpa, é inevitável.... desculpa-me pedro!

    gostei muito

  2. Anonymous Anónimo 

    Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

  3. Anonymous Anónimo 

    Fizeram aqui um comentário muito muito bonito sobre esse texto que foi removido por accidente!!! Pena o comentário ter sido anónimo mas podem sempre se manifestar, e as minhas desculpas pela remoção de uma coisa tão bem escrita e tão sentida. Seja quem for, é muito bom ler um comentário destes. Um Abraço fraterno para esse leitor(a). Obrigado por lerem!!!!
    alves PEDRO

  4. Blogger anuXca 

    cá vai novamente ;)


    os corpos rodopiam ao sabor do sentir num frenesim quente do crepitar do crepúsculo…os sentidos perdem-se embalados no movimento forte e o mundo esvai-se…na fugacidade obliqua de um raio de luz…o tempo e o espaço perdem o sentido...quando os corpos se invadem…quando se unem nesse ritmo selvagem e se tornam unos…unos com todo o universo que os compõe…e o prazer...cresce…aumenta vertiginosamente…leva à exaustão....como fogo que incendeia o tempo.
    e quando o Amor preenche cada recanto de existência…quando o sol...a lua os corpos...as essências...se juntam…todo o universo se envolve numa luz que brilha por dentro…quando uma lágrima se verte em felicidade líquida…um sorriso…que não precisava de existir….porque agora os corpos...as essências....o universo…São cúmplices…agora pairamos entre a realidade e esse estado em que a forma não faz sentido…em que apenas a energia se sente quando a pele...se torna brisa e faz brilhar o sorriso da alma.

Comentar

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 


O Blog

  • O POVO É BOM TIPO PRETENDE SER UM LOCAL DE PARTILHA ONDE LIVREMENTE SE TROCAM GOSTOS, AFINIDADES E INSTANTES DE VIDA. NÃO MAIS DO QUE ISSO.

A População

Séries

Últimos Posts

Livro de Ponto

Arquivo

Periferia

Outras Cidades

Cidades Desabitadas

Outros Povos

Manutenção

  • + Blogger
  • + BlogRating
  • + Blogwise
  • + eXTReMe Tracker
  • + A Música do Povo
  • + Os Links do Povo
  • + Protegido por CreativeCommons