CRÒNACA DI VENEZIA #001


Enviar este post



Relembrar (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



"VENEZIA" »»» anuXca

estou no interstício das coisas
submersa no sentido de uma onda rasgada
sem prumo, quando....como hoje
perdi o principio de mim...
e nesta metamorfose atemporal
em que o reflexo é silêncio
reflectido em essências multiplas
corrompo os grilhões do olhar
e encarno as células que preenchem a alma
corto o sorriso...
pela metade do líquido que me compõe
(estava gasto de odores)
lanço o outro lado no interstício do vento
escondido, na multiplicidade do olhar
e deixo-me submergir
no sentido dessa onda rasgada
dessa cumplicidade....da ausência do meu tempo...


anuXca


3 Respostas a “CRÒNACA DI VENEZIA #001”

  1. Blogger Vítor Leal Barros 

    é lindo o poema ana... sabes... dá o pulo...salta!

  2. Blogger alves PEDRO 

    Perdi-me dentro de mim e eu era labirinto...e hoje quando me sinto é com saudades de mim...tém algo de M.Sá Carneiro e também aquela inquieta interrogação existencial pessoana. Gostei muito. Penso que nos descreve bem a todos. Força! continua.

    Jinhos Fraternos e ternurentos :-)

  3. Blogger alex Alexandra 

    Sê bem vinda, Ana!
    Gostei muito!
    Bj e até breve...

Comentar

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 


O Blog

  • O POVO É BOM TIPO PRETENDE SER UM LOCAL DE PARTILHA ONDE LIVREMENTE SE TROCAM GOSTOS, AFINIDADES E INSTANTES DE VIDA. NÃO MAIS DO QUE ISSO.

A População

Séries

Últimos Posts

Livro de Ponto

Arquivo

Periferia

Outras Cidades

Cidades Desabitadas

Outros Povos

Manutenção

  • + Blogger
  • + BlogRating
  • + Blogwise
  • + eXTReMe Tracker
  • + A Música do Povo
  • + Os Links do Povo
  • + Protegido por CreativeCommons